Ilusionistas apresentam espetáculo hi-tech no Teatro Folha

O impossível é relativo? É com esta pergunta que os ilusionistas Klauss Durães e Henry Vargas convidam o público para seu show “Desafios Mágicos: Relatividades”. O espetáculo estreia sua temporada em São Paulo no dia 23 de agosto às 23h59, no Teatro Folha de São Paulo, em Higienópolis. “A mágica trabalha com arte de quebrar as leis e as lógicas convencionais. O impossível para mim pode ser possível para outras pessoas. É tudo uma questão de ponto de vista”, diz Klauss.

Depois de fazer uma série de shows no exterior, os ilusionistas voltam aos teatros do país. Como referência mundial do novo ilusionismo, os artistas levam a tecnologia para o palco. Apresentações com tablets e leds substituem os “velhos” truques de tirar o coelho da cartola ou cortar uma mulher ao meio.

Para abrir o show, os ilusionistas pretendem utilizar tecnologia, com hologramas, drones, tablets e interações digitais para contextualizar o espetáculo. “Buscamos usar a mágica como uma ferramenta de comunicação. Nas nossas apresentações, queremos mostrar para o público que as impossibilidades dos nossos problemas são relativas e que devemos abrir os nossos olhos para novas oportunidades”, explica Henry. O objetivo da dupla é promover uma apresentação interativa. Para isso, trabalha com a realidade de vida do público e também usa elementos cotidianos nas interações ao longo do show.

Os ilusionistas modernos

Os amigos Klauss Durães e Henry Vargas começaram suas carreiras como mágicos fazendo festas infantis e participando de campeonatos. “Nos congressos, preparávamos um número de cinco a 10 minutos e só ganhávamos dinheiro se os jurados nos selecionavam”, diz Klauss. Essas apresentações deram visibilidade internacional para a dupla. No entanto, eles ainda tinham um grande desafio: se destacar no Brasil. Com essa motivação, investiram em tecnologia e criaram, em 2009, a Ilusion, empresa especializada na criação de efeitos mágicos para eventos corporativos.

Segundo os artistas, o ilusionismo passa por uma transformação. “Estamos quebrando alguns paradigmas do ilusionismo velho. Esses são conceitos antigos, o mundo mudou e o ilusionismo também. A gente está nessa busca de se reinventar a cada dia”, diz Henry. Os artistas utilizam recursos tecnológicos como, hologramas, realidade aumentada e drones para cativar o seu público. “Fazer uma apresentação que tire o fôlego do público não é fácil. Afinal, competimos a atenção das pessoas com os smartphones, que já fazem parte da realidade das pessoas. Não queremos a tecnologia como a nossa rival, mas sim como nossa aliada. Por isso, a utilizamos em nossos shows”, completa.

Os ilusionistas já se apresentaram na Europa, Ásia, China e Estados Unidos. Foram premiados em competições importantes no circuito dos mágicos. Henry foi campeão nos campeonatos de Las Vegas, nos Estados Unidos, e Xangai, na China. Já Klauss conquistou reconhecimento relevante nos países latinos: foi bicampeão brasileiro, vice-campeão colombiano e bicampeão argentino de ilusionismo.

Espetáculo “Desafios Mágicos: Relatividades”

De 23 de agosto a 27 de setembro

Sextas-feiras, às 23h59

Teatro Folha, Higienópolis – São Paulo/SP

Mais informações em: www.desafiosmagicos.com.br

Texto por: Agência com edição de Cláudio Lacerda Oliva

Foto destaque por: Tomas Arthuzzi / Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

hasiltogel.xyz