Compras online de passagens de ônibus podem representar 25% em 5 anos

4a edição do Estudo E-RODOVIÁRIO conclui que o mercado rodoviário online segue crescendo e traz informações regionais exclusivas

São Paulo, agosto de 2018 – Em 2017, a participação do mercado online na venda de passagens de ônibus alcança 6%, um crescimento de 1 p.p. em relação à participação de 2016. Até o final do ano, o setor online de passagens de ônibus movimentou mais de R$ 916 milhões, com 9.7 milhões de passagens de ônibus vendidas em sites de passagens rodoviárias ou de empresas do setor. Os dados são da quarta edição do estudo E-RODOVIÁRIO, desenvolvido pela ClickBus, plataforma líder de vendas online de passagens de ônibus.

A quantidade de passagens vendidas por ano faz com que o tamanho do mercado rodoviário alcance R$ 15 bi, representando 2/3 do aéreo, que tem um tamanho de mercado de R$ 26 bi. A venda online no setor rodoviário representa atualmente 6% do total rodoviário chegando a quase R$ 1 bi.

A expectativa é que até o fim de 2018 a representatividade do online chegue a 7%. Essa porcentagem é uma evolução orgânica do e-commerce rodoviário: de acordo com estimativas da ClickBus, quando as grandes mudanças regulatórias, como a possibilidade de preços promocionais em baixa temporada, a implementação do bilhete eletrônico, que permite o embarque direto no ônibus, e os investimentos das empresas na experiência de compra e viagem dos usuários forem implementadas de fato, esse crescimento será acelerado e pode levar a penetração online no rodoviário a representar 29% em 2023, segundo a 4ª edição do estudo E-RODOVIAÌ RIO.

O relatório, referente ao ano de 2017, também conclui que 41% das compras online de passagens de oÌ?nibus saÌ?o feitas pelo celular. Essa porcentagem está bem acima da média de 25% das vendas em dispositivos moÌ veis em outros setores de e-commerce segundo o RelatoÌ rio Webshoppers 36ª EdiçaÌ?o, divulgado pelo site Ebit. A cada 3 acessos em sites de venda de passagens de oÌ?nibus, 2 saÌ?o feitos via dispositivos moÌ veis, dados que reforçam a tendeÌ?ncia à praticidade e conforto da compra mobile. Isso mostra que o celular eÌ um grande aliado do viajante de oÌ?nibus que compra sua passagem pela internet.

Em contrapartida, o retrato regional do mercado rodoviário online acompanha o comportamento de compra do consumidor brasileiro de e-commerce. A distribuiçaÌ?o das compras online de passagens de oÌ?nibus por regiaÌ?o eÌ concentrada principalmente no Sudeste (62%). Os passageiros do Sul (14%) e do Nordeste (15%) teÌ?m comportamento de compra parecido enquanto o Centro-Oeste (8%) e o Norte (1%) do país saÌ?o as regioÌ?es com a penetraçaÌ?o online mais baixa. De acordo com o 36º estudo Webshoppers, a distribuiçaÌ?o das compras online por regiaÌ?o eÌ : Sudeste (63%), Sul (15%), Nordeste (12%), Centro-Oeste (7%) e Norte (3%).

Os cinco principais estados de passageiros que compram suas passagens pela internet saÌ?o divididos entre as regiões sudeste e sul; SaÌ?o Paulo (29%), Rio de Janeiro (20%), Minas Gerais (11%), ParanaÌ (8%) e Santa Catarina (5%). Como esperado, as rotas SaÌ?o Paulo – Rio de Janeiro e Rio de Janeiro – SaÌ?o Paulo lideram as vendas e agrupam 4% de todas as compras online de passagens de oÌ?nibus, mas, apesar da concentração de vendas nessas regiões, dois dos cinco principais trechos vendidos online estão no Centro-Oeste do país: BrasiÌ lia – GoiaÌ?nia e GoiaÌ?nia – BrasiÌ lia são responsáveis por 2% das vendas. Em 5º lugar está a rota Rio de Janeiro – Belo Horizonte, que representa 1% das vendas online de passagens de ônibus.

O capítulo especial desta edição detalha a jornada do consumidor de ônibus que compra a passagem de ônibus pela internet, e a jornada de quem compra no guichê da rodoviária, para ilustrar as diferenças nas necessidades, dúvidas e vontades de consumo de cada perfil. O principal diferencial do consumidor conectado é a presença de mais etapas, realizadas com mais agilidade e uma inesgotável fonte de informação na internet, que eÌ constantemente utilizada como forma de garantia da qualidade dos serviços prestados. A etapa de poÌ s-viagem para o cliente conectado é o que merece muita atenção, pois eÌ nesta etapa que o cliente passaraÌ a se relacionar positivamente com a empresa, desde que tenha uma boa experieÌ?ncia. Caso contraÌ rio, um detrator no mundo online tem a capacidade de difusaÌ?o da informaçaÌ?o muito maior se comparado a um cliente offline.

Os haÌ bitos de compra do consumidor rodoviaÌ rio saÌ?o transformados aÌ? medida que a tecnologia e a inovaçaÌ?o passam a fazer parte do cotidiano do brasileiro. Com isso, torna-se imprescindível que o setor rodoviaÌ rio como um todo se atualize para atender às necessidades de viajantes mais conectados.

O Estudo E-Rodoviário ClickBus oferece dados anuais consolidados sobre a modernização, desenvolvimento e crescimento do mercado online do setor rodoviário brasileiro. Através de estudos e análises de performance e comportamento, este conteúdo traz informações sobre a evolução de portfólio, presença online, comportamento e preferência do consumidor que viaja de ônibus

Para ter acesso ao estudo completo, acesse: www.clickbus.com.br/glossario/e-rodoviario.

Sobre a ClickBus:

Líder em inovação do setor rodoviário, a ClickBus é o principal agente de mudança de comportamento de compra de passagens de ônibus no Brasil, trabalhando de forma ativa em todas as pontas do ecossistema digital para facilitar a vida de quem viaja de ônibus: como um agregador (GDS), uma plataforma online (OTA) e operador de sites de empresas de ônibus e rodoviárias (Gestor de Whitelabel). Com mais de 120 empresas em seu portfólio que levam para mais de 4 mil destinos, a plataforma trabalha como um facilitador entre os viajantes e empresas de ônibus. Até o final de 2017, vendeu online mais de 6 milhões de passagens rodoviárias.

Sobre o E-RODOVIÁRIO

O estudo E-Rodoviário ClickBus traz dados sobre a modernização, desenvolvimento e crescimento do mercado online de viagens de ônibus no Brasil e esclarece como os viajantes e a internet estão interagindo com a indústria rodoviária.

Esta 4a edição, referente ao ano 2017, traz informações do setor rodoviário online, o comportamento e preferência do passageiro e-rodoviário, incluindo dados regionais. Além disso, o capítulo especial detalha a jornada do consumidor de ônibus que compra pela internet e a jornada de quem compra no guichê para ilustrar as diferenças nas necessidades, dúvidas e vontades da jornada de consumo de cada perfil.

O e-commerce do setor rodoviário no Brasil ganha cada vez mais importância e representatividade no contexto do país devido à sua acessibilidade e capilaridade, uma vez que se trata de um setor que em 2017 movimentou mais de R$900 milhões e anualmente cresce a uma taxa de 54%.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *