Ramada Minascasa e Empório Toscanini

Hotel e restaurante receberam e fizeram parte dos lugares selecionados pela Belotur para visitas

 

Divulgar a capital mineira e o seu entorno enquanto um destino turístico no cenário nacional, a partir das programações culturais fixas, do roteiro gastronômico e de uma hotelaria renovada e com excelência no prazer em servir. Com este objetivo, a Belotur e parceiros como o Ramada Encore Minascasa e o Empório Toscanini receberam, no último final de semana, jornalistas dos veículos Brasilturis, Catraca Livre, Correio Braziliense, o Globo, Panrotas e Prazeres da Mesa, para um press trip.

Na programação, visita ao Mercado Central, ao Inhotim, ao Museu de Artes e Ofícios, as atividades do Arraiá de Belô, do Circuito Sapucaí, da Festa Italiana, entre outros. Segundo o gerente geral do Ramada Encore Minascasa, Moisés Correia, hotel anfitrião dos jornalistas, este tipo de iniciativa tende a potencializar ainda mais a divulgação da capital mineira como um destino para ser visitado durante todo o ano, pois além de ser uma cidade onde o turismo de negócios já é consolidado, ainda é preciso investir na divulgação de Belo Horizonte e do seu entorno como um destino de lazer.  “Poder mostrar o que temos de melhor e destacar os diferenciais da cultura mineira para os formadores de opinião é uma das ações que precisam ser feitas para atrairmos um maior número de turistas para nossos finais de semana, além de levar informação de qualidade para as pessoas”, disse Moisés.

O chef do Empório Toscanini, Mário Resende, que desembarcou na capital mineira no final de 2016, com o desafio de tocar a cozinha do restaurante, aliando sua origem paraense a famosa gastronomia mineira, recebeu os jornalistas com um jantar diferenciado. “Quis mostrar ao jornalistas que o conceito do Empório, além da comercialização de famosos produtos da gastronomia mineira como queijo, cachaça, também está associado ao fato de comercializarmos alguns produtos típicos de Belém do Pará como jambu, chocolate da Amazônia, cupulate – chocolate feito a partir da semente de cupuaçu, geleias de pimenta de cheiro, taparebá (cajá), licores, farinha d’agua e de tapioca, tucupi preto, entre outros. Inclusive destaquei no menu do jantar realizado para os jornalistas um pouco da gastronomia paraense ao oferecer como entrada um Tacacá e como sobremesa uma Mousse de Cupuaçu servida com pudim”, destacou.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *